Service 1

Controle de Insetos Voadores

A adoção de ações preventivas é parte integrante do sucesso do controle de insetos voadores.

E para que isso ocorra de forma tranquila e funcional, nossos técnicos dedicam total atenção e assessoria no apontamento de elementos que favoreçam a penetração de insetos voadores em diversos ambientes.

Através do monitoramento periódico, nossos técnicos acumulam informações que ajudam a identificar possíveis situações de riscos.

Nossos profissionais especializados estão prontos para lhe atender.

Para um controle de insetos voadores recomenda-se:

  • Instalação de armadilhas luminosas
  • Cortinas de ar
  • Instalação de tela na janelas e portas
  • Manter o interior dos ambientes higienizados
  • Manter o interior dos ambientes higienizados
  • Evitar o acumulo de lixo e resíduos de alimentos expostos
  • Manter lixeiras fechadas
  • Evitar cultivar árvores frutíferas próximo das áreas industriais
  • Utilização de lâmpadas de sódio em áreas externas
  • Contratar empresa especializada para a realização de tratamentos químicos

A utilização de armadilhas luminosas são destinadas para atração e captura de insetos voadores e que apresentam fototropismo positivo (que possuem atividade noturna e são atraídos pela luz).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Medidas Preventivas

Image 02

Algumas medidas preventivas contra:

CONTROLE DE MOSCAS, MOSQUITOS, OUTROS

1 - Evitar água parada.
2 - Sempre que possível, esvaziar e escovar as paredes internas de recipientes que acumulam água.
3 - Manter totalmente fechadas cisternas, caixas d` água e reservatórios provisórios tais como tambores e barris.
4 - Furar pneus e guardá -los em locais protegidos das chuvas.
5 - Guardas latas e garrafas emborcadas para não reter água.
6 - Limpar periodicamente, calhas de telhados, marquises e rebaixos de banheiros e cozinhas, não permitindo o acúmulo de água.
7 - Jogar quinzenalmente desisfetante ns ralos externos das edificações e nos internos pouco utilizados.
8 - Drenar terrenos onde ocorra formação de poças.
9 - Não acumular latas, pneus e garrafas.
10 - Encher com areia ou pó de pedra poços desativados ou depressões de terreno.
11 - Manter fossas sépticas em perfeitos estado de conservação e funcionamento.
12 - Colocar peixes barrigudinhos em charcos, lagos ou água que não possa ser drenada.
13 - Não despejar lixo em valas, valetas, margens de córregos e riachos, mantendo - os desobstruídos.
14 - Manter permanentemente secos subsolos e garagens.

15 - Não cultivar plantas aquáticas .