Service 1

Controle de Moscas e Mosquitos

Ter uma praga dentro das instalações da sua empresa nunca é agradável, e muito menos quando a praga em questão é tão irritante quanto um mosquito.

Nossos profissionais especializados estão prontos para lhe atender.

Sinais de Perigo

  • Os mosquitos picam mais frequentemente ao amanhecer e ao princípio da noite
  • As picadas podem causar coceiras e inchaço vermelho
  • Os mosquitos em voo emitem um zumbido agudo característico, que pode interromper o sono

Danos potenciais:

  • Os mosquitos na maior parte das espécies podem ser portadores de doenças virais, febre amarela, dengue, vírus do Nilo ocidental e malária

Consequências para a sua empresa:

  • Confiança – há um impacto imediato na confiança dos clientes e funcionários
  • Danos – podem provocar sérios danos na sua saúde e na sua reputação em termos de higiene
  • Custo – perda de receitas quando os clientes decidem procurar outra loja

Eliminar Mosquitos - Passos que deve dar:

A Controlar oferece várias soluções para o controle de cupins conforme sua necessidade e orçamento:

  • Inspecções regulares por técnicos especializados
  • Monitoramento periódico
  • Calendário regular de inspeções feitas por técnicos qualificados, para evitar o reaparecimento das infestações de insetos
  • Eliminação de água empoçada ou acumulada
  • Aplicações de repelente

 

 

 

 

 

 

 

Medidas Preventivas

Image 02

Algumas medidas preventivas contra:

CONTROLE DE MOSQUITOS

(Culex quinquefasciatus, Aedes aegypti e Aedes albopictus)

1 - Evitar água parada.
2 - Sempre que possível, esvaziar e escovar as paredes internas de recipientes que acumulam água.
3 - Manter totalmente fechadas cisternas, caixas d` água e reservatórios provisórios tais como tambores e barris.
4 - Furar pneus e guardá -los em locais protegidos das chuvas.
5 - Guardas latas e garrafas emborcadas para não reter água.
6 - Limpar periodicamente, calhas de telhados, marquises e rebaixos de banheiros e cozinhas, não permitindo o acúmulo de água.
7 - Jogar quinzenalmente desisfetante ns ralos externos das edificações e nos internos pouco utilizados.
8 - Drenar terrenos onde ocorra formação de poças.
9 - Não acumular latas, pneus e garrafas.
10 - Encher com areia ou pó de pedra poços desativados ou depressões de terreno.
11 - Manter fossas sépticas em perfeitos estado de conservação e funcionamento.
12 - Colocar peixes barrigudinhos em charcos, lagos ou água que não possa ser drenada.
13 - Não despejar lixo em valas, valetas, margens de córregos e riachos, mantendo - os desobstruídos.
14 - Manter permanentemente secos subsolos e garagens.

15 - Não cultivar plantas aquáticas .