Image 02

Medidas Preventivas

As pragas deixam de gerar problemas de saúde ao ser humano e ao meio ambiente. Essas medidas, para oferecer um controle efetivo devem ser em conhecimento da Biologia e hábitos comportamentais das pragas, assim como os fatores que lhes propiciam o aumento das populações.
Essa constitui a base de decisões cujo propósito é proporcionar segurança e qualidade aos serviços da Controlar.

 

O controle de pragas urbanas aumentam a sua eficiências através algumas medidas preventivas, diminuindo a utilização de pesticidas.

Pragas podem se instalar e gerar danos materiais significativos em casas, fábricas, restaurantes e lavouras. Após a Segunda Guerra Mundial começou-se o uso de agrotóxicos e o extermínio de pragas com o uso de substâncias químicas oriundas da indústria de armas da guerra, porém, a utilização indiscriminada dos praguicidas químicos, geralmente promove efeitos colaterais. Assim, falhas nas técnicas de aplicação, o uso de equipamentos inadequados ou a falta de seleção criteriosa dos princípios ativos podem levar a reduções aparentes de focos, os quais ressurgem após períodos de descontinuidade dos cuidados iniciais, como também, concentrações dos produtos abaixo ou acima do recomendado pelos profissionais responsáveis acarretam em longo prazo, adaptação das pragas aos efeitos tóxicos, isso ocorre quando não existe um rodízio corretamente programado de princípios ativos.

 

Dessa forma, o anseio por um equilíbrio de ações- que pudesse ser aplicado em áreas urbanas e industriais- levou ao CONTROLE INTEGRADO DE PRAGAS URBANAS, o qual preconiza um trabalho abrangente, ao incorporar recomendações preventivas e corretivas. As medidas preventivas compreendem a trabalhos de educação das pessoas e à implementação de Boas Práticas de Fabricação, que corresponde a um conjunto de normas importantíssimas na indústria de alimentos, fármacos, cosméticos e afins.

 

A aplicação do Programa de Controle Integrado de Pragas prevê um conjunto das medidas acima descritas, as quais visam a eliminar ou a minimizar os riscos de ocorrência de insetos, roedores e pragas de grãos.

 

 

FAÇA O DOWNLOAD DAS MEDIDAS PREVENTIVAS